Sééério?

31 05 2006

Hehe, eu adoro essa imagem

Sério?!

Quem se lembra, no primeiro ano da facul, que essa imagem apareceu em um dos fóruns do Panda, aquele sistema de apoio das aulas de programação, onde nós podíamos enviar nossos EPs, e discutir sobre a matéria? A partir daí virou mania, e toda afirmação sempre acabava seguida de um sonoro "Sério?!". Ao que um desavisado podia acabar respondendo "Sim!!", o que fazia com que ele ouvisse: "FODA-SE".

O maior nesse jogo era o Vitor. Nunca caia, nunca se deixava pegar quando fazia com os outros... Bons tempos aqueles : )

Para relembrar os bons tempos, depois da festinha na qual vieram principalmente pessoas da Turma 1 do primeiro ano, e quando gravamos a versão estilizada de Baba Baby, eu vou usar essa imagem para responder a um comentário que um infeliz faz no filme (que está no YouTube).

Que divertido! : )


Novo motor?

28 05 2006
O Compilação está se preparando para uma mudança! Das duas uma, ou eu vou preparar um novo blog aqui mesmo no hosting da Imaginarie, ou vou colocá-lo no meu pc de casa.Mas porque abandonarei o Blogger.com? Bom, achei este novo "engine" de blog, o WordPress, que está me parecendo ser muito mais flexível e extensível. Pra começar, você pode instalá-lo você mesmo no seu servidor, e não depende dos serviços de um terceiro site. Isto é bom porque você tem mais controle sobre os seus arquivos, pode editar o próprio programa, etc. Mas isso é legal para programadores, que sabem fazer essas coisas. Para não programadores, as vantagens são de poder fazer backups do banco de dados, poder instalar outros temas (sem ter que programar nada), poder colocar mais coisas na barra lateral muito facilmente (depois de instalar um plugin do blog, que tem que ser feito meio na raça, ou seja, descompactando uns arquivos em uma pasta). Bom, o fato é que é bastante simples de instalar e faz bem mais coisas que o Blogger. Ele está já online lá em casa, e vou fazer uns testes de usá-lo junto com o Julio por enquanto. O WordPress tem um ferramenta de importação que vai importar todos os meus posts, e também os comentários. Aí eu só precisarei montar o template de novo para os padrões do novo software (não deve ser muito difícil) e partir para o abraço!

Irrepressible

28 05 2006
Venho anunciar hoje o fim da Wazowski Cam e deixar aqui a última foto por ela tirada, quando o Wazowski estava feliz ao lado do Toblerone gigante. No lugar dele, porém, entrará um novo quadro: um pedaço de texto do projeto Irrepressible. Este é um projeto da Anistia Internacional, que visa parar o bloqueio de informação da Internet nos países onde isto é feito. Eles não têm notícia sobre este tipo de bloqueio aqui no Brasil, mas nós sabemos que isto é feito aqui por faculdades (inclusive públicas), escolas, bibliotecas, etc.
As poessoas podem pensar: mas tudo bem, aqui só se bloqueia sites pornográficos e de conteúdo que prega o preconceito, medo, etc. Mas quando se para pra pensar bem, você acaba percebendo que dar a alguém, seja uma pessoa ou uma organização, o direito de filtrar informação publicamente disponível é uma coisa muito pergiosa. Fica muito fácil para, por exemplo, um governo filtrar conteúdo político dizendo que é conteúdo de pornografia infantil. Por isso esse novo quadro: um pedaço de texto com conteúdo filtrado em alguns países (os que filtram explicitamente conteúdo político). Não sei se esta ação irá resolver alguma coisa, mas não me custa nada, e além do mais tem o mesmo padrão de cores do meu layout :-P Ainda bem que ninguém cala o Wazowski

Extreme Ways

25 05 2006
Não posso dizer que foi uma inspiração, mas se eu dissesse as pessoas não iam poder negar. Extreme Ways (letra) é uma música do Moby, a que toca no final the A Supremacia Bourne, quando o Jason (Matt Damon) fala para a Pamela Landy: "Get some rest Pam, you look tired" (adoro essa parte).Bom, estou tendo idéias sobre atrasos na faculdade, mergulhar de cabeça no trabalho, etc. Conheço muitos contrargumentos (sic?), tanto que isso nunca tinha me passado pela cabeça antes. Mas começo a ver um bom horizonte para uma faculdade em 6 anos... em várias áreas da minha vida, pra dizer a verdade. Tenho um grande debate interno (e espero externo também) pela frente, e talvez eu tenha que tomar essa decisão rápido, para poder trancar matérias e não ficar de DP (sem ter que me matar de estudar). Enquanto isso, vamos trabalhando para não fechar portas. O fato é que, apesar de cansado e meio decepcionado com algumas coisas que eu não estou conseguindo fazer direito (qualidade caindo ou trabalho atrasando), estou orgulhoso comigo mesmo de estar tocando uma vida assim nessas últimas semanas. Será que estou comemorando antes da hora?

Lei de Hofstadter

24 05 2006
Da forma que o Tarek me passou:
Loi de Hofstadter: il faut toujours plus de temps que prévu, même en tenant compte de la loi de Hofstadter. Douglas Hofstadter, Gödel, Escher, Bach
Traduzindo:
Lei de Hofstadter: É sempre necessário mais tempo que o previsto, mesmo quando se leva em conta a lei de Hofstadter. Douglas Hofstadter, Gödel, Escher, Bach

Fotos na Internet

24 05 2006
[interessante]

É muito legal essa nova (ou talvez nem tão nova) onda de media na internet. Que o digam os usuários de serviços como o flickr (compartilhamento de fotos), YouTube (compartilhamento de vídeos), pra citar só os que eu uso.

Hoje descobri dois novos serviços muito legais. O primeiro, que me levou ao segundo, é o Photojojo. É uma mailing-list (você se inscreve e te mandam um e-mail a cada 2 dias), e pelo que me parece é muito boa. O slogan deles: "We believe in doing one thing, and doing it very, very well". Bom, não acredito no mesmo que eles, mas digamos que é bom que eles acreditem nisso.

O Outro serviço que eu encontrei em um e-mail do Photojojo é o kollabor8, que é um tipo de telefone sem fio high-tech. Você coloca lá uma foto, e as pessoas podem ir editando e mandando novas figuras feitas a partir da sua! Me parece muito divertido. De vez em quando vou postar aqui algumas seqüências que eu achar legais.


Resumão de muito tempo sem postar direito

23 05 2006
Putz... eu só reclamo mesmo né. Olhei o blog hoje e vi que o último post decente foi o do dia do Fondu...Aliás, falando nisso eu resolvi adotar de vez a forma "Fondu" em vez de "Fondue", "Fondi" ou como eu já vi escrito em uma faixa "Fundi". Por que? Bom, porque quando eu falo Fondu eu penso em queijo derretido, que se escreveria fromage fondu em francês, e não fondue (fromage, como queijo, é masculino). Continuando esse encadeamento sem sentido de idéias, isso me lembrou de uma coisa engraçada em italiano: ovo e ovos têm gêneros diferentes! Sim! Un uovo, due uova! É como dizer um ovo, duas ovos... Vai entender. Tem outras palavras assim em italiano, mas não me lembro de nenhuma agora. Ok, fora reclamar, tomar chá, usar poncho e fazer reflexões linguísticas inúteis, o que eu fiz essas semanas? Várias coisas. O problema é que as coisas interessantes não podem ser contadas aqui, e as coisas chatas... bom, vou contar as coisas chatas então (ninguém lê posts desse tamanho mesmo!). Então vamos lá: Duas semanas atrás comecei a trabalhar no BNP Paribas. Belo de um prédio, todo mundo arrumado e de terno (tenho umas palavrinhas sobre terno, mas vou deixar para proferí-las em um dia que eu esteja realmente usando um). Nosso andar está em reformas, e mesmo assim é mais arrumado que todos os lugares que eu já tinha trabalhado antes! Mas a princípio eu não estava me sentindo bem lá. Estava me sentindo meio desconfortável com a roupa, deslocado no meio de tudo muito certinho, e muito inútil, porque as pessoas que tinham que me passar trabalho estavam muito ocupadas, então eu tinha que ir atrapalhá-las quando acabava o que eu estava fazendo, e isso não é muito legal. Bom, sexta-feira passada consegui acabar alguns serviços que estavam pendentes, e as coisas pareceram melhorar, e também bati mais papo com as pessoas, e parece que estou me acostumando. Esse assunto está longe de ser fechado na minha cabeça, então ainda vai ter muito pano pra manga aqui nesse blog sobre o Estágio no Banco. Aí veio a semana de provas, com sua habitual bagunça geral de horários e anarquia generalizada. Isso sem contar o PCC que resolveu cancelar uma das minhas provas. Os boatos rolavam que um professor estava mantendo outro refém por melhores condições nas prisões e aumentos maiores que 0% (que convenhamos, é "praticamente nada"). Ridículo. Next, aconteceram as coisas legais, que como eu disse, não vou citar aqui. Mas para quem sabe do que eu estou falando, todas as coisas legais que eu estou citando foram legais. Eu não estou arrependido de nenhuma, porque, afinal, nesses dias complicados nós temos de aceitar sermos contentes. Ser alegre é uma característica, não se muda isso, e ser feliz é algo que não podemos nos dar o luxo de querer. Sejamos contentes, então, com o que der e vier, e bola pra frente. E agora, depois dessas semanas conturbadas, como vão as coisas? Bom, elas estão entrando de volta da rotina (espero), e eu estou já preparando novas encrencas. Por exemplo, vou dar outra festinha aqui em casa, dessa vez menos chique que o Fondu, mas provavelmente pra mais gente. E a encrenca é que quero tentar voltar a tocar até o dia da festa. Já tenho algumas músicas que eu estou cobiçando, entre elas alguns pedidos, e, entre as que eu mesmo quero tocar estão:
  • When The World Ends (Dave Matthews Band) - vou ter que fazer um arranjo
  • Dancing Nancies (Dave Matthews Band) - lembro que essa doia a mão de tocar... imagina agora que eu to sem prática... ai
  • Longe Demais (Vanessa da Mata) - fazendo algumas adaptações na letra, mas não sei se consigo tornar ela interessante cantando... talvez poderia tentar convencer alguém a cantar...
  • I know (Jack Johnson) - acho que é mais sussa... mas talvez não fique tão legal tocar igual a ele num violão de cordas de nylon...
Bom, acho que isso por si só já é BEM megalomaníaco (considerando que minha média de sono tem sido algo como 5 horas por noite contando fins de semanas), mas bom, tenho que voltar a tocar uma hora né? Ai ai... to ferrado amanhã, acordar vai ser um parto... mas ainda vou imprimir as letras/cifras das músicas acima por que senão eu não começo nunca a tocar.

Dias Corridos

23 05 2006
Caramba... como as coisas andam corridas? Será por causa do estágio, empresa, faculdade, inciação científica, artigo para escrever, associação e rolos pessoais?

Poncho+Chá

17 05 2006
Poncho+Chá Carregado no Flickr por Pedro Angelini.

Pois é... hoje tá friozinho

Por isso, dessa vez estou preparado para uma noite de pouco sono. Isso está ficando mais comum do que eu gostaria (principalmente porque o pouco sono é resultado de muito trabalho, e não diversão).

Mas é isso que dá querer abraçar o mundo, não? Como eu sempre digo: seria chato se fosse menos intenso.


Arrumação

14 05 2006
Uma semana é muito tempo. Chega dessa bagunça, vou começar a arrumar as coisas, começando por essas pilhas de papéis aqui no meu quarto.Bagunça no meu quarto Me desejem sorte...


Page delivered in 0.24799 seconds, 89 files included