Cameraphone

24 07 2007

Agora com um celular com câmera, pretendo fotografar coisas do meu dia-a-dia um pouco mais freqüentemente. Por exemplo, hoje, um dia frio, nublado e chato, já tem três fotos!

dia feio 1 dia feio 2 dia feio 3

Acho que isto só vai ter algum tipo de valor arqueológico (minha vida não é tão interessante assim...). Um outro benefício é que eu talvez pratique um pouco tirar fotos melhores (afinal, aprender a fotografar fotografando parece uma boa idéia).

De qualquer modo, as fotos tiradas com o meu brinquedinho novo estarão sempre disponíveis na minha página da Tag Cameraphone do Flickr. Muitas pessoas fazem melhor (e tem telefones melhores também):

Untitled WHAT? A metro's life - Paris

PS - pesquisando fotos para colocar no post, descobri uma outra utilidade: fotos engraçadas!

Helpdesk Warning Sign Cal's mobile tip of the day Emergency bra I am good for licking For Cocoa

fotos por ISphoto, fabbio, Rentahamster, matildaben, heather e dM.nyc

Defined tags for this entry: , , ,

Interessante

23 07 2007
O Flickr classifica fotos usando regras que eles chamam de Interestingness (olha! não traduziram isso quando traduziram o Flickr... por que será?). Porém, por algum motivo, que não deve ser trafego, mas deve ser um bom motivo, eles não disponibilizam feeds RSS para esta lista...

Nice day at Yahoo

Bom, dá para acessar a lista das fotos mais interessantes por programação, via Flickr API, então um cara o fez, e criou o feed. Quem precisar, cá está. Bastante útil para colocar na sua desktop, como gadget, ou mudando seu fundo de tela (deve ter programas que fazem isso).

foto Nice day at Yahoo, por spullara


Defined tags for this entry: , , , ,

TWPHBB 2 - A discussão

19 07 2007

This Web Page Has Been Blocked

Não, eu não estava puto quando comecei a escrever o post. Sim, eu fui ficando enquanto escrevia por que parei para pensar no assunto. Gerou uma resposta de alto nível do meu grande amigo e sócio Vitor. Vou postá-la aqui para os leitores dos feeds que não vêem que ela existiu, e também vou colocar a minha contra-resposta.

Não se assustem com o tom da discussão, crianças, nós somos muito amigos e não vamos nos pegar de porrada na próxima vez que nos encontrarmos. Qualquer um que nos conhece sabe que qualquer discussão menos acalorada que um bate boca beirando a insultos não nos interessa o suficiente para escrevermos tanto :-)

pillowfight_pillowdance

Por último, para quem tiver paciência de ler tudo isso e para quem não tiver também, convido os leitores a participar da discussão: "Recursos de Informática do Local de Trabalho - Controle deve ser feito pela TI ou não?"

Resposta do Vitor (original aqui):

Pedro, sinceramente esperava uma análise mais racional de você. "Pisaram no seu calo" mesmo, porque no próprio texto você diz coisas que não fazem muito sentido:

"É verdade, pela política da empresa, nós só podemos usar o computador para fins diretamente relacionados ao trabalho. Seguindo esta lógica, pelo simples fato de eu ter aberto o notepad para escrever este post, também estou quebrando a "política de TI vigente"."

EXATAMENTE! Escrever posts no notepad para o seu Blog significa ser pago pela Itautec (e usar recursos dela) para escrever um BLOG!? Acho que a Itautec realmente não tinha isso em mente quando te contratou.

"dizer para um cara da engenharia que ele não pode usar a chave de fenda da Itautec para abrir seu próprio relógio para trocar a bateria"

E ELE NÃO PODE MESMO! não em horário comercial, pelo menos. O cara não é pago pra consertar o relógio de pulso dele.

"Basta pensar que, deixando ele (o Flickr) acessível, menos pessoas vão ter que mandar as fotos que querem mostrar para os seus colegas pelo e-mail corporativo, diminuindo assim a carga do servidor de e-mails"

Que fotos são essas? Na boa, as fotos que circulam na GE pelo servidor de email e que TEM A VER COM TRABALHO não são tão pesadas assim. Agora me diz, pensando no quanto vc navegou no Flickr "a trabalho" e quanto vc navegou "por diversão" se não vale a pena o quanto eles aumentaram o tráfego no servidor de email vs. o quanto eles diminuiram no proxy, switches, rede local?

Quantos funcionários deixaram de usar o Flickr para fins profissionais, como faz-se supor que utilizavam anteriormente?

Achei válido o que vc falou sobre "proibir conversas particulares no ambiente de trabalho". Realmente seria absurdo pois as pessoas precisam descontrair, comunicar, criar vínculos de amizade além dos profissionais. Mas isso é bem diferente de ter que suportar 70% do quadro de funcionários gastando que seja 10% do seu tempo em e-mails particulares, vendo fotos, youtube, etc...

Abraços,
Vitor

PS: Tbm não gosto de não poder acessar Gmail no trabalho, mas acho que a proibição é perfeitamente justificável.

Leia minha contra-resposta na versão completa do artigo (só para não ficar lotando a primeira página)

foto de luta de travesseiros por wvs


Continuar lendo "TWPHBB 2 - A discussão"


This Web Page Has Been Blocked

18 07 2007

Segurança da Informação.

Deve ter sido entre anteontem e ontem que bloquearam o Flickr aqui no trabalho. Mensagem: "O acesso a essa página não está de acordo com a política de TI vigente!". É verdade, pela política da empresa, nós só podemos usar o computador para fins diretamente relacionados ao trabalho. Seguindo esta lógica, pelo simples fato de eu ter aberto o notepad para escrever este post, também estou quebrando a "política de TI vigente".

Ok, o computador é uma ferramenta, mas ter uma política dessas é a mesma coisa que dizer para um cara da engenharia que ele não pode usar a chave de fenda da Itautec para abrir seu próprio relógio para trocar a bateria.

O que falta? Seguindo essa linha de raciocínio, a idéia deve ser de se proibir conversas particulares no ambiente de trabalho. Chá também deve ser proibido daqui um tempo, já que não aumenta a produtividade como o café (imaginem que divertido, quando as máquinas forem informatizadas, e controladas pela TI: "seu chá foi bloqueado pelo Websense - motivo: insuficiência de cafeína").

O problema é que estes setores de TI tem que lidar com uma ameaça crescente de vazamento de informações, seja intencional, seja porque o funcionário conseguiu pegar um vírus na máquina que está "chupinhando" informações confidenciais.

Isto é um problema real e válido. Bloquear e-mails pessoais, quando justificado por esse motivo, faz sentido. Educar o funcionário faria mais, mas o mundo não é perfeito. Bloquear sites como o Flickr, não faz sentido. São poucas as informações que você pode publicar no Flickr (só imagens) e você tem que realmente querer fazer isso para conseguir. Só alguém mal intencionado o faria, e se a pessoa quiser, ainda pode fazê-lo (aqui, por exemplo, basta um pen-drive, e o McInternet da esquina). O bloqueio foi feito por uma política da TI de impedir que o usuário se distraia no local de trabalho. Isto não é e não deve ser trabalho da TI. O próprio RH manda, por e-mail, boletins semanais com jeitos de se distrair fazendo coisas saudáveis. Tirar fotos e mostrar para os outros é saudável e melhora o humor dos funcionários, o que, em seguida, melhora seu desempenho.

Mas você não precisa acreditar nisso para NÃO bloquear o Flickr. Basta pensar que, deixando ele acessível, menos pessoas vão ter que mandar as fotos que querem mostrar para os seus colegas pelo e-mail corporativo, diminuindo assim a carga do servidor de e-mails. E não existe diminuição do controle, porque todos os dados passam pelo Proxy.

Estou puto. Dessa vez esses caras pisaram no meu calo.

Defined tags for this entry: , , , ,

GED

06 07 2007

Gerênciamento Eletrônico de Documentos. Está na moda, preserva o meio-ambiente, agiliza os processos e implantaram na USP.

Não sei quanto tempo faz, mas pelo sistema Jupiter, o mesmo que usamos na graduação para fazer matrícula, já podemos emitir documentos que antes tínhamos que ir pegar na Seção de Alunos.

Como funciona? Você entra na página do Jupiter, loga e entra no link Emissão de Documentos. Lá existe a lista dos documentos disponíveis, que hoje são: Atestado de Aluno, Atestado de Aluno Trancado (nome engraçado), Atestado de Matrícula e Atestado de Matrícula com disciplinas.

Entrando no link você vê um pdf com o documento. E como eles garantem a autenticidade? Afinal, qualquer um pode gerar um documento desses. Bom, no próprio documento, existe um código. Entrando este código numa página do sistema, você verifica se o documento está cadastrado. O código é longo e parece aleatório, então as chances de fraude não são grandes.

Uma praticidade a mais para o aluno e menos trabalho para os nossos queridos funcionários, que poderão se dedicar a atividades mais importantes (colocar aqui foto do servidor público jogando Paciência)... alunos e vegetais lenhosos agradecem.



Page delivered in 0.286934 seconds, 89 files included