Ilford Delta 3200 - um filme rápido

17 08 2008

 

A algumas semanas eu me diverti tirando fotos noturnas em São Paulo em um Safari fotográfico, só com a minha câmera com filme. Usei dois rolos de Fuji ISO 800, e um rolo de Ilford Delta 3200, 36 poses, que encontrei na Consigo (uma das melhores lojas do centro para material fotográfico) por R$ 23,90

Antes de sair para fotografar, dei uma pesquisada, e encontrei algumas pessoas falando mal do filme, mas em seguida descobri por que: por ser tão sensível (ISO 3200 precisa de 4x menos luz do que o ISO 800 para a mesma exposição), ele precisa ser usado logo, e revelado logo, caso contrário cria um certo aspecto "leitoso". Fique até meio tentado a dar uma "puxada", ou seja, bater as fotos como se ele fosse mais sensível, e avisar o laboratório de revelação para revelar por mais tempo (li uma review de um cara que puxava até ISO 12500!), mas resolvi usar nos 3200 mesmo.

Safari P&B

O resultado? Bom, é muito legal poder tirar fotos em plena noite, só com a luz de algumas lâmpadas de rua e não precisar de um tripé. Você consegue tranqüilo usar velocidades de 1/30 ou 1/60 segundos e assim não ter fotos tremidas, mesmo em situações onde as digitais estão pedindo flash ou enchendo sua foto de pontinhos coloridos (ruido de ISO alta). Achei que o grão do filme ia ser grande, mas depois de revelado, percebi que não é tanto, principalmente comparado a um Tri-X meio sub-exposto e processado no computador (como umas fotos de Paranapiacaba que tirei faz tempo num dia nublado). De um modo geral, para mim que adoro preto e branco, o Ilford Delta 3200 está na lista de compras quando eu for tirar fotos em condições de luz difíceis. O único problema é conseguir algum lugar para revelar barato...

Safari P&B Safari P&B Safari P&B

Defined tags for this entry: , , , , ,

Lentes e Falta delas

07 08 2008

Nossa, que vergonha, passei o mês de Julho inteiro sem postar. Mas pelo menos tenho bons motivos... dessa vez, além de muito trabalho, cansaço e o fato do meu PC de casa estar uma carroça (o que me dá preguiça de ligá-lo de noite), estive fazendo algumas coisas interessantes nos finais de semana.

Line-up of Lenses (by canonsnapper)

Tivemos o Safari Fotográfico, e preciso escrever um post aqui sobre o filme que usei, o Ilford Delta ISO 3200 P&B. Adorei os resultados, e principalmente a granulação. Dêem uma olhada na minha tag do flickr para este filme. Pena que é tão caro para revelar...

Outra coisa que fizemos de legal foi a viagem para Brotas no fim de semana passado, e, se tratando de uma viagem organizada pela Dê, o post ficou no deep.

Mas o que quero escrever hoje é sobre o presente de aniversário que vou dar atrasado para a Dê: Lentes Macro!

Depois de pensar e pesquisar um pouco, acabei escolhendo a Sigma 50mm f/2.8 Macro por alguns motivos. Para quem não é fotófilo como eu, o 50mm (distância focal) significa mais ou menos que a 1m de distância, com uma câmera digital (sensor APS-C), você tira um retrato e enche bem a foto. Se quiser tirar uma foto de corpo inteiro, vai ter que ir para mais longe. O f/2.8 (abertura máxima) significa que a lente tem uma abertura máxima maior que as minhas lentes que vieram com as máquinas, o que permite tirar fotos com menos luz. Macro, significa que você consegue focalizar coisas que estão muito perto, e no caso desta lente, ela consegue projetar no sensor com proporção 1:1 (o tamanho do objeto igual a imagem no sensor).

Os motivos que me fizeram escolher essas lentes foram: primeiro, o preço. Lentes Macro são muito caras, uma Canon EF 100mm f2.8 Macro custa quase o mesmo que paguei na câmera com lente, e está bem longe de ser das mais caras. Segundo, eu estava querendo comprar uma lente 50mm, por que muitos fotógrafos sugerem esta como segunda lente de quem está começando, pois não sendo zoom (sendo "prime"), você pratica se movimentar mais e chegar mais perto do seu tema. O motivo de ter escolhido a lente Macro, é por que a Dê adora fotos desse tipo. Pelas fotos abaixo dá para entender por que...

Lady Bug-1 (by Property#1) Rainy day (by *- mika -*) Apricot Flower / Macro (by Lyncis) IMG_350D_9082 (by dincordero)

Uma coisa legal de escolher lentes para se comprar é que existe muito material na internet para se aprender, muita gente disposta a ajudar, e você consegue fazer a compra seguro do que você quer. Inicialmente, eu estava pensando em uma Sigma 70-300mm f/4-5.6 Macro, que é mais versátil e quase o mesmo preço, mas li algumas reviews e perguntei a algumas pessoas, e todos me informaram que o botão "macro" dela era bastante quebra-galho... aí acabei ficando com a 50mm.

Ausência de Lente

Enquanto as lentes novas não chegam, esse próximo final de semana vou tentar montar uma Pinhole de Caixa de Fósforos. Pinholes são o tipo mais simples de câmera possível, que não usa lentes, só um buraquinho para deixar a luz entrar. Quando tiver resultados posto aqui, por enquanto vejam o que elas podem fazer:

de regreso (by sebarubgo) Monster Attack! (by alspix) a fox fall asleep (by 油姬)  (by ricardomfn)

fotos: lentes por canonsnapper; macro por Property#1, *- mika -*, Lyncis e dincordero; pinhole por sebarubgo, alspix, 油姬 e ricardomfn

Defined tags for this entry: , , , ,


Page delivered in 0.246696 seconds, 89 files included