HOWTO - Ubuntu, Xgl e Compiz = Coisas divertidas na sua tela

01 08 2006
Bom, primeiro uns links para chamarem a atenção: O Xgl é uma modificação do servidor de interface gráfica X do Linux, que aproveita recursos das placas de vídeo modernas. Sim, porque muita gente compra umas placas animais, com aceleração 3D e um monte de memória de vídeo, mas não usa nem um pequeno pedaço desse porder de processamento, a não ser quando está jogando jogos 3D. Mas de que adianta usar sua placa de vídeo? Aí que entra o Compiz. Ele fica no lugar do Metacity, que é o "gerenciador de bordas de janelas", que na verdade permite que você mova as janelas, arraste elas, minimize, maximize, etc. E qual a diferença entre os dois? Se você já viu os filminhos dos links acima, você já tem uma boa idéia: ele permite que suas janelas fiquem "elásticas", que suas áreas de trabalho sejam colocadas em cima de um cubo, que chova na sua áreas de trabalho (sim!). Então vamos por a mão na massa: Esses passos foram o que eu usei no meu Ubuntu 6.06 (Dapper), usando o Gnome e placa de vídeo da Nvidia. Para que o Xgl funcione, você precisa ter seus drivers de vídeo compatíveis (ATI ou Nvidia), corretamente instalados e rodando. Não se esqueça que o Xgl e o Compiz são EXPERIMENTAIS e portanto podem travar, quebrar, destruir, matar, sangue, SANGUE, etc. Tenha cuidado ao seguir os passos, sempre faça backup e etc. Isso dito, tudo deve correr bem (as vezes suas jan Primeiro, corra para o Synaptic, ou para o seu editor de texto favorito e adicione os seguintes novos repositórios (se você não sabe fazer isto, leia um dos seguintes artigos: 1, 2):
bin http://www.beerorkid.com/compiz/ dapper main bin http://xgl.compiz.info/ dapper main
Certifique-se de que os repositórios Universe e Multiverse estão ativos também (você pode precisar deles para alguma dependência). Agora instale os seguintes pacotes:
xserver-xgl (o servidor X turbinado) compiz-gnome (o gerenciador de janelas) gset-compiz (um programinha para acertar as configurações do seu compiz)
Tudo Ok? Então vamos fazer um teste rápido para ver se as coisas estão funcionando, para dar uma configurada inicial e para impressionar seus pais (os amigos só quando estiver tudo pronto mesmo). O que faremos é "enganar" o sistema para ele usar o Xgl em vez do X vamos rodar o Compiz depois disto (é uma solução um pouco gambiarra na minha opinião, depois temos uma solução mais bonitinha). Tirei estes passos do blog Ubuntu News.
sudo mv /etc/X11/X /etc/X11/old-X sudo ln -sf /usr/bin/Xgl /etc/X11/X
Agora reinicie o seu Gdm (seus programas serão fechados, então não se esqueça de anotar o endereço deste artigo, ou imprimí-lo)
sudo /etc/init.d/gdm restart
Faça o login normalmente e tente iniciar o Compiz:
compiz --replace gconf decoration wobbly fade minimize cube rotate zoom scale move resize place switcher
Você vai saber que funcionou, principalmente se tentar arrastar uma janela! : ) Para fazer outras coisas legais, aí vão uns comandos.
  • Alt+Tab = Mudar de janela
  • F12 = liga e desliga exibição de todas as janelas
  • Ctrl+Alt+Dir/Esq = Mudar de desktop no cubo
  • Ctrl+Shift+Alt+Dir/Esq = Mudar de desktop no cubo levando a janela ativa
  • Ctrl+Alt+Left-Click (no wallpaper)+Drag = Girar o cubo de desktop
  • Win-Key+Right-Click = Aumenta Zoom total
  • Win-Key+Wheel = Aumenta e Diminui Zoom gradualmente
  • Alt+Left-Click = Mover janela
  • Ctrl+(mover janela) = Faz janela grudar nas bordas ao mover
"Fazendo a coisa direito" Primeiro vamos criar um script para ativar e desativar o Compiz. Como ele é experimental, ele pode travar ou matar as suas janelas quando você mexe em plugins. Então é sempre bom ter uma forma rápida de voltar ao Metacity para poder controlar de novo suas janelas. Para este pedaço, usei infos do wiki Ubuntu PT (por sinal, é um muito bom guia, e tem outros métodos de fazer funcionar o Xgl/Compiz). Crie um arquivo chamado toggle-compiz.sh com o seguinte código:
#!/bin/bash #autor: Pedro F. Angelini - http://pedro.imaginarie.com.br/wordpress #baseado em: http://www.formatds.org/ubuntu/index.php?title=Xgl&oldid=1610#M.C3.A9todo_2._Alternando if ps -Af | grep -i -e "Xgl" > /dev/null; then killall gnome-window-decorator if ps -Af | grep -e "compiz.real" > /dev/null; then echo "Shutting Compiz Off" metacity --replace &
else echo "Turning Compiz On"
gnome-window-decorator & compiz --replace gconf &
fi else
echo "Xgl is not running... killing gnome-window-decorator and opening metacity" killall gnome-window-decorator metacity --replace &
fi Coloque o arquivo em alguma pasta onde seja prático executá-lo e torne-o executável (eu coloquei o meu na /usr/local/bin)
chmod a+x toggle-compiz.sh
Agora eu recomendo que você brinque um pouco com o gset-compiz, que está no seu Menu Principal > Acessórios > Gset-Compiz. Ative e desative os plugins e veja o que eles fazem. Deixe no final uma configuração funcionando para você poder testar os próximos passos. Se algo não funcionar, ou quebrar o seu Compiz, desative-o usando o script, volte para as configurações que funcionavam e reative-o novamente. Eu criei um botão no meu painel do Gnome para facilitar essas coisas. Criar uma seção para rodar o Xgl As fontes para esta seção são a 3 e 4 e contém informações sobre como fazer a mesma coisa que estamos fazendo aqui funcionar no KDE. Primeiro, vamos criar nosso script de inicialização do Xgl e deixá-lo executável:
touch /usr/bin/xgl-gnome.sh sudo chmod 755 /usr/bin/xgl-gnome.sh sudo gedit /usr/bin/xgl-gnome.sh
Agora copie o seguinte código no arquivo xgl-gnome.sh:
#!/bin/bash Xgl -fullscreen :1 -ac -accel glx:pbuffer -accel xv:fbo & sleep 2 && DISPLAY=:1 gnome-session
Novo arquivo:
touch /usr/share/xsessions/xgl.desktop sudo chmod 755 /usr/share/xsessions/xgl.desktop sudo gedit /usr/share/xsessions/xgl.desktop
E também copie no arquivo o seguinte código:
[Desktop Entry] Encoding=UTF-8 Name=Xgl-Gnome Comment=Start a cool Xgl Gnome Session Exec=/usr/bin/xgl-gnome.sh Icon= Type=Application
Agora quando você fizer logoff, na tela de logon você vai poder escolher um novo tipo de seção, a Xgl-Gnome! Enjoy. Agora duas soluções para problemas que podem acontecer: Ah!! minhas janelas estão sem bordas e não consigo clicar no que está em baixo! Ops, seu Compiz deu algum tipo de pau... o negócio é ativar um console (Ctrl+Alt+F1 por exemplo) e rodar o seguinte comando para substituir o Compiz pelo Metacity:
metacity --display=:1 --replace &
Você pode fazer isto a partir de um terminal no modo gráfico também, mas as vezes o seu terminal fica em baixo de outro, e sem gerenciador de janelas fica meio difícil você poder ver o que está fazendo, então apelar para o velho modo texto não é má idéia. Ativei um plugin e o Compiz parou de funcionar direito! Bom, isso acontece mesmo. O Compiz ainda é experimental, lembra? Então o negócio é usar o script de toggle para ativar o Metacity, desativar o plugin usando o gset-compiz e ativar o Compiz de novo. Referências: 1) Guia Dapper - Repositórios (via editar arquivo sources.list) 2) WineHQ - Download Deb (esta página ensina a adicionar repositórios via interface gráfica bonitinha, é só trocar o endereço do repositório)


Trackbacks


Nenhum Trackbacks

Comentários

Exibir comentários como (Seqüencial | Discussão)
01 08 2006
#1 Karina (Responder)

o.o""
02 08 2006
#2 Vizinho (Responder)

Chover... na área de trabalho... acho que gostei dessa idéia...rs...

Sem ofensa alguma, Num tem uma versão pra Ruindows --> O Software do mal? rs.

Faz tempo que naum visitava...
15 08 2006
#3 tarek (Responder)

Oi Pedro!

Consegui instalar o XGL, mas foi usando o wiki do Ubuntu PT, não consegui rodar com seus programas. Acho que talvez seja um problema com o toggle-compiz.sh, pq no meu computador não rodou direito. Quando usei o toggle-compiz.sh do Ubunto PT, deu certo. Estou usando o metodo 1 (usando uma sessão XGL já rodando compiz). Está tudo funcionando! Valeu pela dica!

Ah, dá uma pesquisada no XeGL (http://www.freedesktop.org/wiki/Xegl), o futuro do Xgl :-D

Adicionar Comentários


Enclosing asterisks marks text as bold (*word*), underscore are made via _word_.

To prevent automated Bots from commentspamming, please enter the string you see in the image below in the appropriate input box. Your comment will only be submitted if the strings match. Please ensure that your browser supports and accepts cookies, or your comment cannot be verified correctly.
CAPTCHA

BBCode format allowed
Standard emoticons like :-) and ;-) are converted to images.




Page delivered in 0.264993 seconds, 94 files included