Panografia

06 09 2006

Agora que estou organizando o Safari Fotográfico pela USP, estou também pesquisando coisas legais para se fazer com as fotos tiradas.

Vou tentar, até o dia 10/09 postar coisas interessantes sobre o assunto para, quando formos para tirar fotos termos já em mente algumas técnicas e formas de mexer com fotos, e quem sabe, salvar algumas fotos ruins também! (Viva o Photoshop).

Bom, a primeira delas é a Panografia, como diz o Photojojo, "panoramas com esteróides". É a tecnica de tirar várias fotos de uma área bem grande, mas não arrumadinhas como em uma fotomontagem para panoramas. Depois, com um pouco de Photoshop (eu prefiro o Corel Photopaint para dizer a verdade), você remonta elas em uma foto só. Alguns exemplos:

E um tutorial de como fazê-las!

Em breve postarei minha primeira panografia da Av. Paulista aqui


Seu Merda

28 08 2006
A categoria Nets Insanas anda meio parada, por falta de tempo minha e do Julio de ficar navegando na Internet em busca de coisas inúteis. Eu considero essa situação uma perda de qualidade de vida, mas tem horas que não podemos ter tudo. De qualquer forma, como eu já disse anteriormente, o nome desta Categoria é uma referência às Terças Insanas, e hoje eu estava na casa do Vinicius, na despedida dele antes de ir para a Itália, e estávamos assistindo um dos meus clips favoritos: o do Seu Merda. Aí vai.
[gv data="Nby0Nnejo8k"][/gv]
E que seja este o Primeiro Post Em Vídeo do Compilação, pois ele vale as honras!

Rio

27 08 2006
Pois é, com uma semana de atraso, finalmente coloquei as fotos do Rio no Flickr. Para quem não sabe, fui ao Rio por uma semana pelo Banco. As fotos ficaram meio desorganizadas no Flickr, então vou colocá-las aqui na ordem: Não se enganem com a quantidades de fotos de festa: óbviamente quando eu estava trabalhando, eu não estava tirando fotos! Como prova posso colocar: da semana inteira que passamos lá, só saímos para tomar cerveja no primeiro e no último dia, o que foi quase um pecado, porque estava um belo de um calor! Primeiro, as fotos da suite de frente para o mar do Pestana. Não ficamos hospedados nessas, mas deu pra dar uma olhada como era uma manhã: Fim do primeiro dia: Uma cervejinha merecida Trabalhamos também: Esta foto foi no último dia antes do leilão No fim desse mesmo dia ficamos sabendo: "Não tem mais Leilão!" Então fomos tomar outra merecida cervejinha:

Blogged with Flock


uhu!

11 08 2006
Neste momento, trabalhando a 19h seguidas (contando 1h30 para o almoço, 1h30 para a janta, 1h para locomoção). UPDATE: Neste dia ainda, trabalhei até às 6 da manhã (completando 21h de trabalho), dormi duas horas, sai para trabalhar de novo, saí do banco às 20 e poucas horas, e ainda fui comer uma pizza com a Ka. Aquele dia eu estava empolgado!

09 08 2006
Vai ser prolixo assim no inferno! Falei hoje o dia inteiro e já escrevi umas boas 4 páginas de bobagens.

Compras

09 08 2006
Resolvi, este mês, me permitir gastar um pouco de dinheiro (~R$ 300,00, parcelados de preferência) em alguma coisa que eu não realmente precise, mas que mesmo assim esteja me fazendo falta (pois como já disse Herbert Vianna: "o que eu quero nem sempre eu preciso"). Agora estou em dúvida sobre os seguintes ítens de segunda necessidade:
  • Telefone celular (1º lugar) Meu pai quer ficar com a linha da Tim, então não haveria aparelho para eu usar no lugar do Gradiente de R$ 1,00 que eu estou usando. Ok, o celular funciona para telefonar, mas a agenda dele é uma droga, e o ele não tem viva-voz, que faz falta no trânsito. Não tenho um modelo preferido para a possível compra ainda, mas provavelmente estamos falando de um Nokia sem aquele buraquinho que as pessoas chamam de câmera.
  • Aparelho de som para o meu quarto (2º lugar) Bom, também não ando passando tanto tempo assim no meu quarto, mas essas caixinhas de som do computador estão uma tristeza. Além do mais, quem me conhece sabe o quanto eu prezo um bom som e como eu gosto de relaxar ouvindo música. Relaxar não seria nada mal. Além disso as caixinhas eu já tenho (o problema é achar um aparelho sem caixas pra vender).
  • Um computador velho (4º lugar) Para "brincar". Em outras palavras, para instalar Linux, e deixar rodando como servidor de dados e internet da casa. De preferência um pc não tão velho, mas que tenha só o cooler do processador para ser silencioso. A idéia é dar um descanso ao atual servidor de casa que também é máquina de uso diário dos meus pais e está pedindo arrego. (ok, eu sou nerd)
  • Placa de rede com fio e sem fio para o notebook (9º lugar) É... isso é um negócio que me faz falta de vez em quando, não poder ligar o notebook em lugar nenhum é meio chato. Mas pensando bem, essas duas placas são a última coisa que eu vou querer comprar dessa lista. (ok, mesmo assim continuo nerd por ter pensado nelas)
  • Um saxofone (usado, claro) (8º lugar) Não estou tocando nenhum instrumento, e talvez um instrumento novo me fizesse me empolgar um pouco. Mas talvez esses tempos corridos não sejam a melhor hora para começar a aprender a tocar um instrumento novo.
  • Um contrabaixo (elétrico, ou talvez acústico usado) (7º lugar) Melhor do que o sax, porque eu já conheço um pouco da tecnica e está bem mais na praia de um ex-violonista. Mesmo assim acho que corro o risco de comprar e encostar o instrumento.
  • Uma viagem (5º lugar) Não ando com tempo, mas acho que preciso dar uma olhada no calendário e ver se não encontro um feriado perdido esperando por um dinheirinho economizado para virar uma bela viagem. Quem sabe? (admitamos, essas últimas baixaram meus geek-points)
  • Alguns acessórios para fotografia (3º lugar) Tripé, uma lente talvez. Tem várias coisas legais para se comprar para incrementar sua câmera. Ainda mais com o lançamento recente do Safari Fotográfico na USP (em breve falo sobre isto aqui).
  • Item de decoração para meu quarto (6º lugar) Na verdade eu estou precisando de um mural de cortiça para colocar papéis e anotações importantes, mas quem sabe não posso pensar em uma lâmpada de chão legal, ou as prateleiras que estão fazendo falta e a gaveta de teclado que livraria um belo espaço na minha mesa?
Bom, preciso ver preços dessas coisas uma hora dessas. Sei que de qualquer forma antes de eu decidir preciso esperar passar o dia dos pais para poder conseguir entrar em alguma loja de celulares.

Ego

08 08 2006
Bryan with a “y” » -> Project Overview É... esse sim é um cara egocêntrico. O Find Bryan Murphy Project é um "Procurando o Wally" ao estilo Reality Show. O Bryan, de alguma forma, conseguiu patrocínio do Yahoo! para dar dois prêmios para quem o encontrasse primeiro um determinado sábado em Mahatan. Cada coisa...

Blogged with Flock


Clouds

05 08 2006
Tags estão na moda hoje em dia na Internet. Elas são um jeito de organizar conteúdo e aproveitar a grande capacidade dos computadores de buscar coisas em listas longas. Como diz o Google: "Search, don't sort". Alguns dos serviços da web que usam tags são os meus preferidos: Flickr, del.icio.us e Technorati. E esses dois últimos estão agora na minha barra lateral: um link para as informações sobre o Compilação no Technorati e minha  Tag Cloud do del.icio.us. Essa Tag Cloud é um jeito legal de organizar as coisas. Como estou usando bastante o Flock, quando eu vejo algum site que me interessa, eu o coloco nos "favoritos compartilhados com todos" (que na verdade significa colocar no del.icio.us) e indico tags para a página. As tags mais usadas aparecem aqui do lado, então esse Tag Cloud é uma indicação do que eu estou vendo mais. Aí eu me empolguei com essa história de nuvens e resolvi colocar as categorias do site também em nuvem, usando o plugin do wordpress Cat Cloud. Portanto, nuvens para todos!

Chuva

03 08 2006
É... cansado e cheio de coisas pra fazer. Mas isso não significa que eu tenho o direito de não escrever aqui. Portanto, vou aproveitar esses minutos "livres" para recomendar um blog de um amigo meu, ou melhor, o blog do Vizinho! Tomando chuva na Paulista Eu gostava muito de ler este blog, mas ultimamente não estava lendo, acho que mais provavelmente por motivos tecnológicos: ele não estava no meu leitor de rss, então eu não recebia notificações de atualização (isto será mudado MUITO prontamente). O fato é que o conteúdo é muito bom, e vale a pena. Confiram!

HOWTO - Ubuntu, Xgl e Compiz = Coisas divertidas na sua tela

01 08 2006
Bom, primeiro uns links para chamarem a atenção: O Xgl é uma modificação do servidor de interface gráfica X do Linux, que aproveita recursos das placas de vídeo modernas. Sim, porque muita gente compra umas placas animais, com aceleração 3D e um monte de memória de vídeo, mas não usa nem um pequeno pedaço desse porder de processamento, a não ser quando está jogando jogos 3D. Mas de que adianta usar sua placa de vídeo? Aí que entra o Compiz. Ele fica no lugar do Metacity, que é o "gerenciador de bordas de janelas", que na verdade permite que você mova as janelas, arraste elas, minimize, maximize, etc. E qual a diferença entre os dois? Se você já viu os filminhos dos links acima, você já tem uma boa idéia: ele permite que suas janelas fiquem "elásticas", que suas áreas de trabalho sejam colocadas em cima de um cubo, que chova na sua áreas de trabalho (sim!). Então vamos por a mão na massa: Esses passos foram o que eu usei no meu Ubuntu 6.06 (Dapper), usando o Gnome e placa de vídeo da Nvidia. Para que o Xgl funcione, você precisa ter seus drivers de vídeo compatíveis (ATI ou Nvidia), corretamente instalados e rodando. Não se esqueça que o Xgl e o Compiz são EXPERIMENTAIS e portanto podem travar, quebrar, destruir, matar, sangue, SANGUE, etc. Tenha cuidado ao seguir os passos, sempre faça backup e etc. Isso dito, tudo deve correr bem (as vezes suas jan Primeiro, corra para o Synaptic, ou para o seu editor de texto favorito e adicione os seguintes novos repositórios (se você não sabe fazer isto, leia um dos seguintes artigos: 1, 2):
bin http://www.beerorkid.com/compiz/ dapper main bin http://xgl.compiz.info/ dapper main
Certifique-se de que os repositórios Universe e Multiverse estão ativos também (você pode precisar deles para alguma dependência). Agora instale os seguintes pacotes:
xserver-xgl (o servidor X turbinado) compiz-gnome (o gerenciador de janelas) gset-compiz (um programinha para acertar as configurações do seu compiz)
Tudo Ok? Então vamos fazer um teste rápido para ver se as coisas estão funcionando, para dar uma configurada inicial e para impressionar seus pais (os amigos só quando estiver tudo pronto mesmo). O que faremos é "enganar" o sistema para ele usar o Xgl em vez do X vamos rodar o Compiz depois disto (é uma solução um pouco gambiarra na minha opinião, depois temos uma solução mais bonitinha). Tirei estes passos do blog Ubuntu News.
sudo mv /etc/X11/X /etc/X11/old-X sudo ln -sf /usr/bin/Xgl /etc/X11/X
Agora reinicie o seu Gdm (seus programas serão fechados, então não se esqueça de anotar o endereço deste artigo, ou imprimí-lo)
sudo /etc/init.d/gdm restart
Faça o login normalmente e tente iniciar o Compiz:
compiz --replace gconf decoration wobbly fade minimize cube rotate zoom scale move resize place switcher
Você vai saber que funcionou, principalmente se tentar arrastar uma janela! : ) Para fazer outras coisas legais, aí vão uns comandos.
  • Alt+Tab = Mudar de janela
  • F12 = liga e desliga exibição de todas as janelas
  • Ctrl+Alt+Dir/Esq = Mudar de desktop no cubo
  • Ctrl+Shift+Alt+Dir/Esq = Mudar de desktop no cubo levando a janela ativa
  • Ctrl+Alt+Left-Click (no wallpaper)+Drag = Girar o cubo de desktop
  • Win-Key+Right-Click = Aumenta Zoom total
  • Win-Key+Wheel = Aumenta e Diminui Zoom gradualmente
  • Alt+Left-Click = Mover janela
  • Ctrl+(mover janela) = Faz janela grudar nas bordas ao mover
"Fazendo a coisa direito" Primeiro vamos criar um script para ativar e desativar o Compiz. Como ele é experimental, ele pode travar ou matar as suas janelas quando você mexe em plugins. Então é sempre bom ter uma forma rápida de voltar ao Metacity para poder controlar de novo suas janelas. Para este pedaço, usei infos do wiki Ubuntu PT (por sinal, é um muito bom guia, e tem outros métodos de fazer funcionar o Xgl/Compiz). Crie um arquivo chamado toggle-compiz.sh com o seguinte código:
#!/bin/bash #autor: Pedro F. Angelini - http://pedro.imaginarie.com.br/wordpress #baseado em: http://www.formatds.org/ubuntu/index.php?title=Xgl&oldid=1610#M.C3.A9todo_2._Alternando if ps -Af | grep -i -e "Xgl" > /dev/null; then killall gnome-window-decorator if ps -Af | grep -e "compiz.real" > /dev/null; then echo "Shutting Compiz Off" metacity --replace &
else echo "Turning Compiz On"
gnome-window-decorator & compiz --replace gconf &
fi else
echo "Xgl is not running... killing gnome-window-decorator and opening metacity" killall gnome-window-decorator metacity --replace &
fi Coloque o arquivo em alguma pasta onde seja prático executá-lo e torne-o executável (eu coloquei o meu na /usr/local/bin)
chmod a+x toggle-compiz.sh
Agora eu recomendo que você brinque um pouco com o gset-compiz, que está no seu Menu Principal > Acessórios > Gset-Compiz. Ative e desative os plugins e veja o que eles fazem. Deixe no final uma configuração funcionando para você poder testar os próximos passos. Se algo não funcionar, ou quebrar o seu Compiz, desative-o usando o script, volte para as configurações que funcionavam e reative-o novamente. Eu criei um botão no meu painel do Gnome para facilitar essas coisas. Criar uma seção para rodar o Xgl As fontes para esta seção são a 3 e 4 e contém informações sobre como fazer a mesma coisa que estamos fazendo aqui funcionar no KDE. Primeiro, vamos criar nosso script de inicialização do Xgl e deixá-lo executável:
touch /usr/bin/xgl-gnome.sh sudo chmod 755 /usr/bin/xgl-gnome.sh sudo gedit /usr/bin/xgl-gnome.sh
Agora copie o seguinte código no arquivo xgl-gnome.sh:
#!/bin/bash Xgl -fullscreen :1 -ac -accel glx:pbuffer -accel xv:fbo & sleep 2 && DISPLAY=:1 gnome-session
Novo arquivo:
touch /usr/share/xsessions/xgl.desktop sudo chmod 755 /usr/share/xsessions/xgl.desktop sudo gedit /usr/share/xsessions/xgl.desktop
E também copie no arquivo o seguinte código:
[Desktop Entry] Encoding=UTF-8 Name=Xgl-Gnome Comment=Start a cool Xgl Gnome Session Exec=/usr/bin/xgl-gnome.sh Icon= Type=Application
Agora quando você fizer logoff, na tela de logon você vai poder escolher um novo tipo de seção, a Xgl-Gnome! Enjoy. Agora duas soluções para problemas que podem acontecer: Ah!! minhas janelas estão sem bordas e não consigo clicar no que está em baixo! Ops, seu Compiz deu algum tipo de pau... o negócio é ativar um console (Ctrl+Alt+F1 por exemplo) e rodar o seguinte comando para substituir o Compiz pelo Metacity:
metacity --display=:1 --replace &
Você pode fazer isto a partir de um terminal no modo gráfico também, mas as vezes o seu terminal fica em baixo de outro, e sem gerenciador de janelas fica meio difícil você poder ver o que está fazendo, então apelar para o velho modo texto não é má idéia. Ativei um plugin e o Compiz parou de funcionar direito! Bom, isso acontece mesmo. O Compiz ainda é experimental, lembra? Então o negócio é usar o script de toggle para ativar o Metacity, desativar o plugin usando o gset-compiz e ativar o Compiz de novo. Referências: 1) Guia Dapper - Repositórios (via editar arquivo sources.list) 2) WineHQ - Download Deb (esta página ensina a adicionar repositórios via interface gráfica bonitinha, é só trocar o endereço do repositório)


Page delivered in 0.351349 seconds, 89 files included