Publicidade

17 06 2006
Propaganda é a alma do negócio. Quantas pessoas será que entrarão no meu blog depois dessa publicidade? Em quantas caixas postais a minha mensagem terá caído na pasta Spam? Quantas pessoas não aguentaram de curiosidade e foram direto ler o e-mail, só porque ele dizia "leiam quando tiverem tempo"? Seriam estas as dúvidas típicas de um marketeiro? Por que só uma frase neste post é afirmativa?

Sonho bizarro

16 06 2006
Vou aproveitar enquanto ainda está fresco na minha mente:
Sala de dormir de um hospital. Um homem com feições levemente árabes dorme, enquanto uma mulher, lá pelos seus 50. um pouco gorda entra na sala. Ela parece um pouco alienada. Se senta ao lado do homem. Este tem seu braço esticado por um, ou talvez mais de um, novo personagem que pode ser eu mesmo. Sem palavras, esse personagem, que também pode ser uma jovem mulher, convence a mulher gorda a suturar o braço do homem. Das sombras, enquanto estou concentrado no que estou fazendo com as mãos, recebo um beijo na testa de agradecimento de uma mulher bonita. Fade out. "Agora ele vai poder ganhar um braço de sangue" diz a mulher bonita. Eu concordo, pensando que ele tem direito mesmo a isso, e um pouco feliz por ter feito a coisa certa. A mulher gorda acabou de costurar o braço do homem, e está dormindo. De repente, em close, mãos seguram os fios soltos da costura do braço e começam a esticá-los. Um som feio se mistura aos gritos do homem. Fade out.
Sons de monitores de batimentos cardíacos. O homem está sentado, seu braço direito em uma bandeja, já não mais conectado ao corpo e todo deformado (não pelos fios, ele já era assim). Ele está acordado, sabe o que farão e sabe que vai sentir dor. Um braço de vidro articulado com metal é conectado ao seu ombro. O homem grita. O braço é rapidamente enchido de sangue. O homem continua a gritar, mas vê-se que seu outro braço é igual, e ele pode movê-lo.
Putz. Que sonho estranho. Ao acordar, minha mente tentou entender algo dessa bizarrice. Eu tinha lido, pouco antes de dormir, na comunidade do orkut Anão Vestido de Palhaço Mata 8, uma notícia sobre um homem que tinha tido o joelho errado operado pelo médico. Acho que isso ficou na minha mente. Acho que o homem "levemente árabe" tinha tido o braço errado substituido pela "prótese de sangue", e eu, e/ou a mulher jovem estávamos ajudando-o a conseguir a troca do outro braço, que era doente. Por isso o agradecimento da mulher bonita, e a falta de protestos do homem. Yaics...

Copa!

15 06 2006
Terça-feira foi quando eu realmente percebi que a copa está acontecendo. Deixe-me dar alguns antecedentes: Eu ando correndo feito um louco com vários trabalhos para acabar e atrasados, e não estava nem um pouco preocupado com a copa. Cheguei até ouvir de uma amiga "que falta de patriotismo"! Realmente eu não estava sabendo nada sobre este evento. É só ver a minha classificação no bolão lá do banco: nem sequer consegui ficar entre os 15 últimos que ganham um diskman cada! Mas na terça, dia do primeiro jogo do Brasil, eu finalmente caí na real. Saí do estágio no horário normal, peguei um mega trânsito para vir para casa. Acho que foi no trânsito que eu me toquei. Eu estava parado na Sena Madureira, ouvindo música, com a tarde toda pela minha frente, sabendo que tinha um monte de trabalho, mas também sabendo que não adiantaria: eu pelas próximas horas (até o fim do jogo) eu não poderia trabalhar. Ninguém ia me deixar. De fato, a internet virou um caos, muito lenta e todo mundo on-line. Muito estranho. O jogo foi chocho, quase que foi oxo, mas o clima é que foi legal. Assisti aqui em casa, com a minha família. Comemos pipoca e bolinho de chuva! Depois do jogo ficou aquela sensação, que ainda não passou: é época de copa. Uma certa indolência, ao mesmo tempo uma agitação. Planejamentos para os dias de jogos, clima de férias no ar. A Copa é mágica!

Primeiro Post da v.2

10 06 2006
Olá Mundo! Ok, muito atrasado eu vou escrever o primeiro post de verdade deste novo engine de blog. Como pode ser lido no antigo blog e na página Sobre o Blog, mudei de motor de blog porque:
  1. Meu host (Hostgold) está uma porcaria, e o ftp parou de funcionar, por isso eu não pude publicar nada pelo blogger.
  2. Queria mudar de motor a um certo tempo. O Wordpress permite você fazer muito mais coisas que o blogger, além de manter os dados todos no meu próprio banco de dados, permitindo que eu faça meus próprios backups, por exemplo.
Por isso a partir de agora o Compilação estará neste novo endereço. Ainda vou trocar de host, espero conseguir fazer isto este mês.

Sééério?

31 05 2006

Hehe, eu adoro essa imagem

Sério?!

Quem se lembra, no primeiro ano da facul, que essa imagem apareceu em um dos fóruns do Panda, aquele sistema de apoio das aulas de programação, onde nós podíamos enviar nossos EPs, e discutir sobre a matéria? A partir daí virou mania, e toda afirmação sempre acabava seguida de um sonoro "Sério?!". Ao que um desavisado podia acabar respondendo "Sim!!", o que fazia com que ele ouvisse: "FODA-SE".

O maior nesse jogo era o Vitor. Nunca caia, nunca se deixava pegar quando fazia com os outros... Bons tempos aqueles : )

Para relembrar os bons tempos, depois da festinha na qual vieram principalmente pessoas da Turma 1 do primeiro ano, e quando gravamos a versão estilizada de Baba Baby, eu vou usar essa imagem para responder a um comentário que um infeliz faz no filme (que está no YouTube).

Que divertido! : )


Novo motor?

28 05 2006
O Compilação está se preparando para uma mudança! Das duas uma, ou eu vou preparar um novo blog aqui mesmo no hosting da Imaginarie, ou vou colocá-lo no meu pc de casa.Mas porque abandonarei o Blogger.com? Bom, achei este novo "engine" de blog, o WordPress, que está me parecendo ser muito mais flexível e extensível. Pra começar, você pode instalá-lo você mesmo no seu servidor, e não depende dos serviços de um terceiro site. Isto é bom porque você tem mais controle sobre os seus arquivos, pode editar o próprio programa, etc. Mas isso é legal para programadores, que sabem fazer essas coisas. Para não programadores, as vantagens são de poder fazer backups do banco de dados, poder instalar outros temas (sem ter que programar nada), poder colocar mais coisas na barra lateral muito facilmente (depois de instalar um plugin do blog, que tem que ser feito meio na raça, ou seja, descompactando uns arquivos em uma pasta). Bom, o fato é que é bastante simples de instalar e faz bem mais coisas que o Blogger. Ele está já online lá em casa, e vou fazer uns testes de usá-lo junto com o Julio por enquanto. O WordPress tem um ferramenta de importação que vai importar todos os meus posts, e também os comentários. Aí eu só precisarei montar o template de novo para os padrões do novo software (não deve ser muito difícil) e partir para o abraço!

Irrepressible

28 05 2006
Venho anunciar hoje o fim da Wazowski Cam e deixar aqui a última foto por ela tirada, quando o Wazowski estava feliz ao lado do Toblerone gigante. No lugar dele, porém, entrará um novo quadro: um pedaço de texto do projeto Irrepressible. Este é um projeto da Anistia Internacional, que visa parar o bloqueio de informação da Internet nos países onde isto é feito. Eles não têm notícia sobre este tipo de bloqueio aqui no Brasil, mas nós sabemos que isto é feito aqui por faculdades (inclusive públicas), escolas, bibliotecas, etc.
As poessoas podem pensar: mas tudo bem, aqui só se bloqueia sites pornográficos e de conteúdo que prega o preconceito, medo, etc. Mas quando se para pra pensar bem, você acaba percebendo que dar a alguém, seja uma pessoa ou uma organização, o direito de filtrar informação publicamente disponível é uma coisa muito pergiosa. Fica muito fácil para, por exemplo, um governo filtrar conteúdo político dizendo que é conteúdo de pornografia infantil. Por isso esse novo quadro: um pedaço de texto com conteúdo filtrado em alguns países (os que filtram explicitamente conteúdo político). Não sei se esta ação irá resolver alguma coisa, mas não me custa nada, e além do mais tem o mesmo padrão de cores do meu layout :-P Ainda bem que ninguém cala o Wazowski

Extreme Ways

25 05 2006
Não posso dizer que foi uma inspiração, mas se eu dissesse as pessoas não iam poder negar. Extreme Ways (letra) é uma música do Moby, a que toca no final the A Supremacia Bourne, quando o Jason (Matt Damon) fala para a Pamela Landy: "Get some rest Pam, you look tired" (adoro essa parte).Bom, estou tendo idéias sobre atrasos na faculdade, mergulhar de cabeça no trabalho, etc. Conheço muitos contrargumentos (sic?), tanto que isso nunca tinha me passado pela cabeça antes. Mas começo a ver um bom horizonte para uma faculdade em 6 anos... em várias áreas da minha vida, pra dizer a verdade. Tenho um grande debate interno (e espero externo também) pela frente, e talvez eu tenha que tomar essa decisão rápido, para poder trancar matérias e não ficar de DP (sem ter que me matar de estudar). Enquanto isso, vamos trabalhando para não fechar portas. O fato é que, apesar de cansado e meio decepcionado com algumas coisas que eu não estou conseguindo fazer direito (qualidade caindo ou trabalho atrasando), estou orgulhoso comigo mesmo de estar tocando uma vida assim nessas últimas semanas. Será que estou comemorando antes da hora?

Lei de Hofstadter

24 05 2006
Da forma que o Tarek me passou:
Loi de Hofstadter: il faut toujours plus de temps que prévu, même en tenant compte de la loi de Hofstadter. Douglas Hofstadter, Gödel, Escher, Bach
Traduzindo:
Lei de Hofstadter: É sempre necessário mais tempo que o previsto, mesmo quando se leva em conta a lei de Hofstadter. Douglas Hofstadter, Gödel, Escher, Bach

Fotos na Internet

24 05 2006
[interessante]

É muito legal essa nova (ou talvez nem tão nova) onda de media na internet. Que o digam os usuários de serviços como o flickr (compartilhamento de fotos), YouTube (compartilhamento de vídeos), pra citar só os que eu uso.

Hoje descobri dois novos serviços muito legais. O primeiro, que me levou ao segundo, é o Photojojo. É uma mailing-list (você se inscreve e te mandam um e-mail a cada 2 dias), e pelo que me parece é muito boa. O slogan deles: "We believe in doing one thing, and doing it very, very well". Bom, não acredito no mesmo que eles, mas digamos que é bom que eles acreditem nisso.

O Outro serviço que eu encontrei em um e-mail do Photojojo é o kollabor8, que é um tipo de telefone sem fio high-tech. Você coloca lá uma foto, e as pessoas podem ir editando e mandando novas figuras feitas a partir da sua! Me parece muito divertido. De vez em quando vou postar aqui algumas seqüências que eu achar legais.



Page delivered in 0.304222 seconds, 89 files included