Ilford Delta 3200 - um filme rápido

17 08 2008

 

A algumas semanas eu me diverti tirando fotos noturnas em São Paulo em um Safari fotográfico, só com a minha câmera com filme. Usei dois rolos de Fuji ISO 800, e um rolo de Ilford Delta 3200, 36 poses, que encontrei na Consigo (uma das melhores lojas do centro para material fotográfico) por R$ 23,90

Antes de sair para fotografar, dei uma pesquisada, e encontrei algumas pessoas falando mal do filme, mas em seguida descobri por que: por ser tão sensível (ISO 3200 precisa de 4x menos luz do que o ISO 800 para a mesma exposição), ele precisa ser usado logo, e revelado logo, caso contrário cria um certo aspecto "leitoso". Fique até meio tentado a dar uma "puxada", ou seja, bater as fotos como se ele fosse mais sensível, e avisar o laboratório de revelação para revelar por mais tempo (li uma review de um cara que puxava até ISO 12500!), mas resolvi usar nos 3200 mesmo.

Safari P&B

O resultado? Bom, é muito legal poder tirar fotos em plena noite, só com a luz de algumas lâmpadas de rua e não precisar de um tripé. Você consegue tranqüilo usar velocidades de 1/30 ou 1/60 segundos e assim não ter fotos tremidas, mesmo em situações onde as digitais estão pedindo flash ou enchendo sua foto de pontinhos coloridos (ruido de ISO alta). Achei que o grão do filme ia ser grande, mas depois de revelado, percebi que não é tanto, principalmente comparado a um Tri-X meio sub-exposto e processado no computador (como umas fotos de Paranapiacaba que tirei faz tempo num dia nublado). De um modo geral, para mim que adoro preto e branco, o Ilford Delta 3200 está na lista de compras quando eu for tirar fotos em condições de luz difíceis. O único problema é conseguir algum lugar para revelar barato...

Safari P&B Safari P&B Safari P&B

Defined tags for this entry: , , , , ,

Brincando e Aprendendo

23 02 2008

Como deve ter sido possivel perceber, ando lendo bastante sobre fotos, e ando bastante contente com o que estou aprendendo. Outro dia, no sítio, levei a companheira de viagens de plástico, e metal e vidro (e a de carne e osso também), e brinquei com algumas coisinhas novas.

Mis-focused attempt



Continuar lendo "Brincando e Aprendendo"


Dicas para Fotos de luzes e Enfeites de Natal

12 12 2007

Pelo segundo ano consecutivo saí à caça de fotografias de luzes de natal e enfeites pela Paulista. Este ano tive uma certa decepção com o resultado das minhas fotos. Acho que as do ano passado ficaram melhores.

Natal 2007 - Na frente da FIESP

Então, o que foi que eu fiz melhor em 2006 que não fiz em 2007? Aqui vão algumas dicas tiradas deste artigo do ADIDAP e da minha própria (má) experiência:

  • Confie na sua câmera. Se ela está dizendo que a foto vai sair escura ou tremida, acredite. Murphy está sempre por perto. 
  • Evite Flash. Em geral, o fundo das suas fotos vai estar longe (estamos pensando em enfeites de natal nas ruas) e pouco iluminado, então o flah vai iluminar só o que estiver perto, e seu sujeito vai parecer uma montagem. Existe um jeito de usar o flash com resultados melhores que é....
  • Opção Slow Syncro, ou algo que o valha. O que ela faz é bater o flash, mas deixar o obturador aberto um pouco mais de tempo. Dessa forma, você pega um pouco da luz ambiente. Cuidado pois, como sempre, obturador mais tempo aberto = mais chance de tremer a foto. O que nos leva à boa e velha técnica de...
    . Merry Christmas .
  • Use o Timer da sua Câmera. Quando você aperta o botão, por mais leve que seus dedinhos sejam, você balança sua câmera. Uma ótima ideia é usar ativar o timer da câmera, apertar o botão e continuar ali, segurando a câmera. Respire lentamente e espere a câmera fazer o trabalho dela. Se tudo der certo, deve reduzir bastante o tremido das fotos.
  • Use um Tripé. Sim, é chato ficar andando com o tripé por aí, mas se você gosta de tirar fotos nas ruas como eu, muitas vezes é a única opção.
  • Aumente o ISO. ISO é a sensibilidade do filme (ou sensor). Tanto em máquinas digitais quanto nas de filme, você pode aumentar o ISO, ou via uma opção da máquina, ou indo até a Conselheiro Crispiniano (se você mora aqui em São Paulo), e comprando um filme mais sensível. O maior ISO que encontrei esse final de semana foi 800, mas sei que existem filmes com ISO 1600.
    Mas cuidado: quanto mais ISO, mais suas fotos vão ficar granuladas (filmes) ou com ruido cromático (digitais).
  • Chegue perto. Encha a foto com ornamentos e enfeites! Eles são brilhantes e coloridos!
    Red Christmas (by krisdecurtis)
  • Experimente! Normalmente quanto mais você fotografa, melhores ficam suas fotos.

Só as minhas que, parece, não ficam melhores... ou talvez eu esteja ficando mais chato, porque afinal de contas, aquela foto ali em cima acabou sendo publicada no Sampaist um dia depois de ser colocada no ar!

Fotos por Denise e krisdecurtis

Defined tags for this entry: , , , , ,

Presente de Natal

18 11 2007

Esse ano vou ganhar um belo de um presente de Natal: uma câmera DSLR. Para quem não sabe, isso significa uma Digital Single-Lens Reflex, ou seja, uma máquina "profissional" digital (se chama SLR por que você vê no visor exatamente aquilo que as lentes estão captando).

Procurei bastante, pesquisei, vi fotos no Flickr (que tem uma ótima ferramenta de "buscar câmeras"), procurei especificações (um ótimo site é esse aqui, mas a web está cheia de sites com reviews) e escolhi, finalmente a Canon EOS Rebel 400D XTi.

Minha dúvida era entre encontrar uma dessas, ou partir para uma 40D, por exemplo, que é "mais profissional", como costuma dizer os vendedores da 7 de Abril (área das câmeras, no centro, perto do Teatro Municipal). Bom, a 40D é bem mais cara (por volta do dobro do preço), mas câmeras digitais desvalorizam muito rápido quando usadas, e achei uma 40D por um pouco mais que uma 400D nova, e só com 140 fotos tiradas (isso é mais ou menos meia carga de bateria). Ou seja, por um pouco a mais, poderia levar uma bela câmera.

Mas não escolhi isso pelo seguinte:

  1. era mais cara
  2. era bem mais cara se eu comparar com o que vou pagar, por que minha prima vai trazer uma da França para mim
  3. o que a 40D tem a mais não me serve: as "features" são todas para quem tira foto em estúdio
  4. a 40D é maior e mais pesada do que a 400D

Bom, mas chega de falar do que eu não escolhi, e vamos às features da 400D

  • Lentes intercabiáveis com a minha EOS 300 de filme (por isso a escolha óbvia por Canon)
  • Display de 2,5'' - obs: com cameras DSLR você não tira foto olhando o display, você usa o visor. O display está lá só para ver as fotos já tiradas
  • Compacta - ela é um pouquinho menor que a minha EOS 300, e isso é MUITO bom
  • Formato de imagem padrão 3:2. Não sei por que eu gosto, mas gosto... acho o 4:3 (formato padrão das telas de PC) muito quadrado
  • JPG+RAW - o primeiro formato é útil para mostrar e compartilhar, o segundo é bom para editar e "photoshopear"
  • ISO máximo: 1600 (isso não é extremamente foda, mas tá bom)
  • Continuos Shooting em 3 fps (aperta e segura o botão, baby)
  • Função de autolimpeza do sensor

Contras:

  • É grande. Sim, mas é uma das menores SLR que eu vou achar... é um problema em viagens, mas já me acostumei
  • É cara. Já deixei de levar minha EOS 300 de filme para alguns lugares por segurança... essa vai dar mais medo ainda, mas é um medo que terei de vencer.
  • Usa memória Compact Flash. São uns tijolos, se comparados com as memórias mais novas... mas bom, é comprar uma vez e esquecer, e a câmera já é grande mesmo...
  • Só vou recebê-la em dezembro... Isso é o pior de tudo (tirando que se eu a recebesse hoje, talvez não me formasse... hehe)
Bom, para quem viu o comercial acima e vai comprar uma: Welcome to the Playground
Defined tags for this entry: , , ,

Camera Amiga

04 11 2007

Um projetinho para quando a facul acabar e a disponibilidade de tempo for farta:

Uma coisa antes de ver o filminho: Não, não é digital.


Matchbox Camera - video powered by Metacafe

via: All Day I Dream About Photography

Defined tags for this entry: , ,

Paulista Masp

15 05 2007

Paulista Masp, originally uploaded by Pedro Angelini.

Estou devendo mais panografias. Posto (do verbo postar) esta aqui, que recentemente virou minha foto mais interessante do Flickr.

Defined tags for this entry: , , , ,

Fotografia

14 05 2007

Eu amo música. Amo de verdade, não por força de expressão. Artes gráficas são uma coisa que eu gosto. Não me entenda mal, eu gosto muito, mas é diferente, é uma coisa mais racional do que com música. Isto não é melhor ou pior, são dois jeitos diferentes de me fazer feliz, e quanto mais jeitos, melhor, não?

Bom, e o fato de eu gostar mais racionalmente de artes gráficas, me faz tender a gostar mais das obras pensadas do que das obras sentidas. Estive divagando (como eu costumo fazer dirigindo, principalmente à noite sozinho), e cheguei à conclusão que deve ser por isso que gosto tanto de fotografia.

Fotografia é a mais "engenheiristica" das formas de arte. Você pode argumentar que a nova arte digital, que usa computadores e efeitos visuais, é mais técnica do que a velha fotografia, mas eu digo que poucas são as formas de arte que exigem pensamento tão técnico do artista na hora de criar. Um desses poucos exemplos talvez aqueles "plugins de vizualizações" do winamp e similares (aquelas formas bonitas que ficam mudando conforme a música).

Quando se vai tirar uma fotografia, geralmente você tem que pensar em ângulo, zoom, distância focal, lentes, isso sem falar nas famosas abertura e exposição, que tanto assolam nós pobres amadores. Queira ou não, você acaba pensando em sensibilidade de filme, iluminação natural, olhos vermelhos.

Hoje em dia, se alguém se propusesse a divulgar uma forma de arte que obrigasse o artista a pensar em tantos detalhes e entender tão bem o funcionamento do seu "pincel", duvido que isto iria muito para frente. Nem os novos fotógrafos pensam muito nisso. Com as máquinas digitais, tudo fica muito mais tentativa e erro, já que você pode ver na hora se sua foto saiu escura ou queimada, ou fora de foco. É como com um quadro: se você der a pincelada, já sabe se ficou bom ou ruim.

Por um lado isso é bom: populariza, faz com que gente que não tinha o conhecimento ou o saco para pensar nessas coisas passe a fotografar, trazendo para o mundo da foto visões diferentes, de um tipo de gente diferente. Por outro lado, também é bom, pois nada impede de você ainda sair pensando nos parâmetros técnicos de uma foto.

O que? Estava esperando alguma polêmica, ou que eu reclamasse de alguma coisa? Hoje não... tem coisas direitas no mundo.

uncut (by puja)


Obs: screenshot do plugin AVS do Winamp do El-vis (site oficial), chamado Golden. Foto por puja.

Defined tags for this entry: , , , , , ,


Page delivered in 0.290398 seconds, 89 files included