abacaipanarap

03 09 2007
Calma, eu não estou maluco, é só Paranapiacaba escrito ao contrário (em homenagem ao vizinho ynnuf gnileef). Sábado fui buscar os negativos revelados lá na Conselheiro Crispiniano (fato inusitado: nessa rua você pode ir à loja Conselheiro - Fuji, ou à Crispiniano - Kodak), e passei o resto da manhã escaneando negativos. Agora que eu aprendi, umas 50 fotos demoram por volta de 2 a 3 horas para escanear.

Digitalizar0044 (edited)

Domingo à noite, eu devo ter passado mais umas boas 3 horas mexendo nas fotos no Photoshop Lightroom (eu já comentei que esse programa é muito bom?), e hoje mais uma meia hora enviando para o Flickr. Quando se escaneia negativos P&B, as fotos saem vermelhas e pretas, e aí você tem que ajustar saturações, e misturas de cores para aquele cinza que você quer (não tente revelar direto em P&B, fica uma porcaria).

Isso dá alguma flexibilidade para você brincar de sépia, foto antiga, etc. Deixei uma em vermelho, do jeito que saiu do scanner para vocês verem (na verdade gostei dela assim mesmo, um céu dramático).

Digitalizar0050 (edited) Digitalizar0023 (edited)

Digitalizar0039 (edited) Digitalizar0033 (edited) Digitalizar0036 (edited)

Mais fotos no post irmão deste no deep, ou na página do Flickr.

FIP

Vale a pena

Defined tags for this entry: , , , ,

Brinquedo Novo!

23 07 2007

Pois sim, depois de algum tempo tentando e sendo frustrado pelas políticas da Claro, consegui comprar meu novo celular. Já não era sem tempo: o antigo fazia barulho ao ser chacoalhado, e a bateria estava começando a ir para o saco. Vá em paz, velho Nokia, você foi um bom companheiro, e seja bem vindo novíssimo Sony Ericsson Z550i!

O salto é parecido com o dado por um cara que usava máquina de escrever elétrica e foi para um notebook. O meu Nokia velhão só era telefone. Fazia o trabalho bem, mas esse novo tem câmera, toca mp3, radio, outras coisas que eu esqueci, e muitas que eu ainda não descobri.

Brinquedo novo (by Pedro Angelini)

Já passei o final de semana brincado com ele (inclusive sincronizando com o PC e tirando fotos). Falando nisso, agora quem tiver saco de acompanhar vai ter muito mais fotos minhas do dia-a-dia para verem! Para começar, uma seqüência de fotos do passei de hoje na liberdade, entitulada Casquinha Ao Vento, protagonizada pelo Julio e um sorvete.

Sorvete ao Vento 1 (by Pedro Angelini)
Sorvete ao Vento 2 (by Pedro Angelini)
Sorvete ao Vento 3 (by Pedro Angelini)

Defined tags for this entry: , , , , , ,

Paranapiacaba

17 07 2007
"Olá pessoal,
Estou organizando mais um "evento alternativo". Dessa vez para pouca gente, apesar que vocês podem convidar quem quiserem. O evento é o 7º Festival de Inverno de Paranapiacaba. O festival em si acontecerá do dia 14 ao dia 29. Eu e a Dê vamos no dia 14, passar o dia inteiro na vila, assistir a alguns shows, passear, fotografar e quem sabe fazer um piquenique na hora do almoço.

Para quem não conhece, Paranapiacaba é uma antiga vila operária no alto da Serra do Mar, onde se fazia (e ainda faz) a mudança de trem das cargas que vão para o Porto de Santos, para trens que podem descer a Serra. É uma parte do município de Santo André, isolada, no meio das montanhas, construida pelos ingleses que implantaram a via férrea (com direito a casa de chá e tudo mais). Para chegar, o mais legal é pegar um trem da estação Brás (se não me engano) e fazer uma baldeação grátis no final da linha.

O passeio deve ser bem barato (basicamente o preço de duas passagens de trem metropolitano - 2 x R$ 2,30, e o que gastarmos lá) e a Vila é muito fotogênica, e no fim da tarde, nessa época do ano desce uma neblina que dá pra cortar com faca.

Acho que deu pra convencer, né? Repassem para as namoradas, e vamos passear no sábado!
Anexo está a programação de shows do festival. Estamos pensando em ver a Ithamara Koorax (cantora de jazz), o Tom Zé e/ou a Banda Mantiqueira (Big Band), mas provavelmente não dará para ver todos. A entrada para estes é a doação de um agasalho.

Abraços,

Pedro"

Este foi o convite para um passeio que fiz com a Dê e um casal de bons amigos, a Camila e o Doug. Tirei fotos com filme Tri-X (como no passeio pela Juréia no começo do ano) e ainda não revelei porque, não é qualquer lugar que revela, e depois de revelado ainda terei de passar boas horas no photoshop brincando com elas até estarem boas para postar.

Tenho algumas que tirei com a máquina digital da Dê, e vou escrever um post no deep assim que tiver mais coisa para mostrar. Fiquem de olho.

Chegando

(essa não é exatamente de Paranapiacaba, mas da estação na qual se desce - antes de pegar um ônibus - para chegar lá: Rio Grande da Serra)

Enquanto isso: mais algumas fotinhos da vila, que é muito legal

Vila de Paranapiacaba Bridge to heaven Wagon


fotos por Diego_3336 e Marcio Ruiz
Defined tags for this entry: , , , , ,

Encaracolada Cultural

07 05 2007

Um amigo meu aqui da Poli, mas que é de Sé-Lagoas (oficialmente conhecida como Sete Lagoas MG), comentou comigo um dia que se impressionava como nós Paulistanos nos organizamos fácil em filas. É verdade, paulistano adora enfrentar uma filinha, que ele adora furar também, mas fica puto quando vê alguém furando na sua frente.

Sábado passado fui com a Dê assistir uma Roda de Choro no Autditório do Ibirapuera, e chegamos só meia hora adiantados, o que para um evento gratis parecia ser meio tarde. Quando chegamos, lá estava a esperada fila, mas o engraçado é que, ao contrário das filas comuns de paulistanos, que são em sanfona, esta estava em caracol. Não de dentro pra fora, mas de fora pra dentro, ou seja, se muito mais gente chegasse, ia ter uma hora que alguém ia parar no meio do caracol, sem espaço para entrar na fila.

Eu fiquei achando que quando a fila comessasse a andar, alguns espertinhos fossem aproveitar do fato de estarem lado a lado com pessoas do circulo mais externo e furar a fila, mas aparentemente tudo correu direitinho, parecia até uma quadrilha de festa junina.

Só me toquei depois, ao sair do show, que o logo da cirada também era encaracolado :-)

Defined tags for this entry: , , , , ,

Centro de Sampa, mais uma vez

25 04 2007
Sábado fomos, eu e a Dê passear no centro e no mercadão. O passeio rendeu fotos (mais especificamente, quase um rolo de filme inteiro), uma caricatura, e um post no deep.

Já que a caricatura já está postada lá, vou colocar aqui algumas das fotos. Por bobeira (e fome, era hora do almoço), não tiramos fotos do evento Japão à Brasileira que estava acontecendo no Mercadão, com exceção da foto do jardim japonês.

Fora isso, outra coisa não fotografada por motivos de fome e falta de espaço, foi o famoso pastel de carne do Mercadão. Carne? (pergunta Pedro) Carne de Peixe, responde o arguto vendedor, ao entregar o pastel de bacalhau mega recheado.

Café Girondino Untitled Natural

Pitaya?? Textura

Inside Untitled

Defined tags for this entry: , , ,


Page delivered in 0.336644 seconds, 89 files included